http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/434f3e7f97922e2f13bb52752bc86f56.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Frescobaldi: vinhos com História e vinhos de parceria. Excelentes sempre!

Por Guto Martinez com Silvia Cintra Franco

 

 

 

Imagine uma vinícola estabelecida há setecentos anos em Florença na Toscana, e cujos proprietários estão já na trigésima geração. Pois esta é a Marchesi de Frescobaldi, um nome tão tradicional que é possível analisá-la através de livros de história. Produz bons vinhos como Castello di Nipozzano (duas estrelas de Oz Clarke 2015), o bordalês Mormoreto, duas estrelas Oz Clarke 2015.

 

 

Não à toa, pode-se dizer que este é um vinho digno de reis: desta vinícola saíram garrafas que abasteceram a Corte de Henrique VIII, no séc. XVI, e até hoje os Frescobaldi são os únicos convidados italianos aos casamentos da Família Real Britânica.

 

 

Portanto, não é de se estranhar que seus vinhos, alguns tradicionais e outros resultado de grandes parcerias e experiências, como Ornellaia em Bolgheri, traduzem as melhores características dos terroir de suas cinco casas, cada uma tratada de maneira quase independente: Castelo di Nipozzano, Castelo di Pomino, Tenuta di Castelgiocondo, Tenuta di Castiglioni e Tenuta dell’Amiraglia. Recentemente adquirida pelos Frescobaldi de outra família tradicional, a Attems é a única fora da região toscana, localizada no Collio

 

Frescobaldi recebeu quatro (em quatro) estrelas de Hugh Johnson 2015. 

 

Para nossa sorte, os vinhos chegam ao Brasil pela importadora Ravin de Rogério D'Avila, e certamente não podem faltar numa adega de respeito. Cada um com suas particularidades, prometem impressionar não apenas pela belíssima trajetória, mas também pelo conteúdo das garrafas, sempre maravilhoso. Encantador!

 

 

Notas de Degustação

 

Rèmole Bianco IGT 2012 !

11%

Composto por 80% de Trebbiano e 20% de Vermentino, este refrescante vinho branco é delicado e floral, e apresenta frutas brancas no aroma. Em boca, é muito fresco, com acidez equilibrada e boa persistência. R$78 na Ravin.

 

Attems Ramato Pinot Grigio 2012 !!

 

Único vinho de fora da Toscana, impressiona primeiramente pela cor de casca de cebola, alaranjada, incomum para um varietal dessa uva. Com quatro meses em carvalho, os aromas de flores se somam a frutas vermelhas frescas e cascas de cítricos. Em boca, é bastante fresco e equilibrado, mas bastante suave. Seu teor alcoólico de 13% parece pedir um legítimo antepasto italiano. R$128 na Ravin.

 

Rèmole IGT 2013  !!

 

Vinho de entrada da casa, feito de 85% Sangiovese e 15% Cabernet Sauvignon, sem passagem em madeira. O resultado é um vinho repleto de frutas vermelhas maduras no nariz, como groselha e framboesa, e em boca com acidez gastronômica, vivacidade, picância e boa persistência, com um teor alcoólico razoavelmente baixo. R$ 49 na Ravin.

 

 

Nipozzano Riserva Chianti Rufina DOCG 2008 !!

90% Sangiovese e 10% suplementares

13,5%

Não se engane, este Chianti é um vinho superior e muito estruturado! Aromas bastante expressivos e com certa complexidade, com ameixas, amoras, mirtilos, especiarias, baunilha. Em boca, é bastante equilibrado e elegante, taninos discretos e acidez gastronômica. Muito bem avaliado, é definitivamente um ótimo acompanhante para pratos típicos da região. R$168 na Ravin.

 

 

 

Castel Giocondo Brunello di Montalcino DOCG 2007 !!!

92 pts Robert Parker e 90 Wine Spectator

100% Sangiovese

14,5%

Um vinho clássico e muito equilibrado, este Brunello apresentou um aroma floral e notas de couro muito elegantes. Em boca, tem uma excelente persistência e estrutura, com taninos bastante redondos e ótima persistência. R$548 na Ravin.

 

 

 

Mormoreto IGT 2008 !!!+

60% Cabernet Sauvignon, 25% Merlot, 12% Cabernet Franc e 3% Petit Verdot

Uma das grandes surpresas da noite, este vinho é bastante complexo e requer um bom tempo de decantação antes de ser apreciado em sua plenitude. Mormoreto é um corte bordalês! Os aromas de frutos silvestres encontram notas de baunilha, cacau e café, e em boca é muito aveludado, encorpado e equilibrado, com final bastante persistente. Um magnífico presente da Itália.

R$598 na Ravin.

 

 

 

 

Lucente IGT 2011  !!!

Elaborado em parceria com Robert Mondavi, este vinho é produzido em Montalcino com 75% de Merlot e 25% de Sangiovese, um supertoscano. Um vinho moderno e vivaz, com aromas complexos de frutas vermelhas, como cereja e framboesa, além de notas de eucalipto e especiarias. Em boca é bastante macio, elegante e jovem, claramente um vinho moderno. 

 

Sejam tradicionais, sejam resultado de parcerias, os vinhos Frescobaldi são especiais. Uma importação feliz da Ravin. 

Tel.: 11-5574-5789 ou www.ravin.com.br

 

 

Para saber mais

No dia 15 de Abril a Ravin recebeu em sua “casa” a brand manager de Marchesi de ́Frescobaldi, Elsa Ricchi para um happy hour com a imprensa. 

Durante este encontro Elsa contou um pouco da história de paixão e dedicação da família pela vitivinicultura.
O nome Frescobaldi representa uma venerável tradição de envolvimento nas artes, cultura e história da Toscana e da Itália que remonta há mais de 700 anos. A família Frescobaldi gerou ilustres escritores, exploradores, músicos, financistas, políticos e estadistas que ajudaram a escrever a história italiana. Seus vinhos já serviram a corte Papal, a Casa Real inglesa e outras cortes européias.

Foram apresentados os seguintes vinhos: Rèmole Bianco IGT 2012 faz parte dos vinhos de entrada da Frescobaldi. Possui notas frutadas, seu frescor e equilíbrio são perfeitos! Uma novidade também fez parte desta degustação, o vinho Attems Ramato Pinot Grigio 2012 com aroma complexo e intenso com notas florais de tília, morango, cereja e certo cítrico ao final. Ramato Pinot Grigio recebe este nome pelo método especial de vinificação: o mosto permanece em contato com a pele por 12 horas e esta prática dá ao vinho esta tonalidade incrível e peculiar (ramato). Dando sequência, iniciamos os tintos com Rèmole IGT 2013 este vinho é muito equilibrado, fácil de beber, com boa estrutura e acidez, e um coringa na mesa. Campo Ai Sassi Rosso de Montalcino DOC 2010 um tinto 100% Sangiovese com aroma instigante com forte presença de cereja marasca e framboesa com notas florais e violeta. Acidez viva e taninos carnudos, um longo e marcante retrogosto.

Continuando esta sensacional degustação, Nipozzano Riserva Chianti Rufina DOCG 2008 um dos vinhos históricos produzidos no Castello di Nipozzano. Um chianti muito equilibrado e elegante. Castelgiocondo Brunello Di Montalcino DOCG 2007 é um tinto incrível! Produzido a partir de uma seleção rigorosa das melhores uvas de Sangiovese, num terroir privilegiado para alcançar a maior expressão desta variedade. Pronunciadas e elegantes notas florais acompanhadas de certa picância, tabaco e couro. Uma das grandes estrelas da vinícola também fez parte deste encontro, Mormoreto IGT 2008, este é o vinho de maior prestígio do Castello, produzido a partir do vinhedo de mesmo nome, como foi desde sua primeira safra, em 1983. Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot, plantados há 150 anos, ao longo do tempo desenvolveram um vínculo íntimo com este terroir e agora mostram suas qualidades únicas. É um vinho de grande complexidade e elegância.

Terminamos a noite entre amigos com o fantástico Lucente IGT 2011. O vinho que é a expressão do terroir de Montalcino é estruturado, denso, elegante e de final inesquecível. A propriedade Luce della Vite foi adquirida pelos Frescobaldi e desde 1977 produzem vinhos considerados como as melhores interpretações de qualidade das terras aonde são cultivados. 

 





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco