http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/67dd6359d5ca9d6d89ab39f98880b956.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Jefferson Rueda estreia como autor

 

Nascido em São José do Rio Pardo, interior de São Paulo, Jefferson Rueda iniciou sua carreira em um açougue da cidade, onde aprendeu tudo sobre carnes e seus cortes. Após se formar chef pelo Centro Universitário Senac, conquistou a capital paulista e o mundo com sua cozinha tradicional caipira, seus ingredientes simples e combinações surpreendentes.

 

 

Para resgatar a culinária natural, com ingredientes da terra e sem as interferências enlatadas da modernidade das grandes cidades, Jefferson Rueda e Chico Bento se encontram em A cozinha caipira do Chico Bento, nova obra da parceria entre Editora Senac São Paulo e Maurício de Sousa Editora. De forma lúdica, o livro traz as receitas preferidas do caipirinha mais amado do Brasil que, pela criatividade e habilidade de Jefferson, chegam às mesas de todas as cozinhas do país.

 

 

Com ilustrações de Maurício de Sousa, que também nasceu no interior, suas páginas trazem receitas saborosas como paçoca de carne seca, farofa de içá, lambari empanado com fubá de milho, arroz doce, pé de moleque, além da história de Chico Bento, desde seu nascimento até a adolescência, assim como nos gibis. Criado por Maurício, autor ícone dos quadrinhos brasileiros, o personagem Chico Bento é o retrato da vida interiorana, com pé descalço, som das modas de viola, goiabas tiradas do pé, fogão a lenha e muita pureza. Personagens da Turma da Roça, como Dona Marocas, Zé Lelé, Hiro e Rosinha, além da querida galinha Giselda e do porquinho Torresmo, companheiro de Chico, também estão presentes no livro.

 

 

A cozinha caipira do Chico Bento é um mergulho nas influências caipiras do Brasil, pelas mãos de Jefferson Rueda e pelo olhar puro de Chico Bento. Em meio a seus sabores, cores e aromas, o livro transporta leitores e cozinheiros a um mundo sem internet, correria, celulares e avalanches de informações, onde a simplicidade revigora e traz frescor ao caos das cidades.

 

 

Sobre o autor Jefferson Rueda

 

Um dos maiores da gastronomia nacional, Jefferson Rueda, 38, nasceu em São José do Rio Pardo, interior de São Paulo. Durante dois anos trabalhou como açougueiro em sua cidade natal. Lá, aprendeu a destrinchar bovinos e suínos, de que se orgulha. Aos 17 anos, Jefferson formou-se no Senac, em convênio com o Culinary Institute of America, e então migrou para São Paulo, onde trabalhou em alguns dos principais restaurantes da cidade. Estagiou no Apicius, entre outras casas na Europa.

 

 

Em 2003 representou o Brasil no Bocuse D’Or em Lion, na França e de volta ao país inaugurou o restaurante Madeleine, trabalhou no Parigi e em seguida inaugurou o Pomodori, no Itaim, onde chefiou até 2011. No meio deste tempo, em 2008, abriu o Bar da Dona Onça junto com sua esposa e chef Janaina Rueda, onde permanece como consultor. De 2011 a 2015 esteve a frente do Attimo, em São Paulo. Neste mesmo período passou uma temporada de seis meses em cozinhas renomadas, como a do El Celler Can Roca, Can Fabes, Santi Santamaria, entre outros, na Europa. Nesta oportunidade estagiou em duas pequenas fábricas de embutidos – Els Casals e Buti Fajas- fazendas orgânicas que se dedicam aos criadores de porcos, que produzem além da ração, os melhores jamóns do mundo. 

 

 

Ao longo de seus 20 anos de carreira, conquistou também vários prêmios nacionais e internacionais, entre eles, a lista dos 50 Best Latin America (50 Melhores Restaurantes da América Latina) e uma estrela no Guia Michelin.

 

 

Em 2015, o chef comemorou 20 anos de carreira e alçou seu novo vôo: A Casa do Porco Bar: local que reúne toda sua experiência com técnicas e toda a experiência adquirida ao longo de sua vida. Rueda resolver buscar uma nova forma de cozinhar. A Casa do Porco Bar é um açougue-bar, onde a carne de porco – a mais versátil e democrática do mundo, é a maior protagonista, traduzidas em receitas com influências de todo o mundo. O Porco à San Zé, estrela da casa, é assado dentro da cozinha na brasa por sete horas.

 

 

Em 2016 foi eleito novamente como Chef do Ano no Brasil pela revista Prazeres da Mesa. Ainda neste ano, foi eleito como a melhor casa pelas revistas Época e Prazeres da Mesa e pelo jornal Folha de S. Paulo.

 

 

Ficha Técnica

A cozinha caipira do Chico Bento

Autores: Jefferson Rueda e Maurício de Sousa

Editoras: Editora Senac São Paulo e Maurício de Sousa Editora

Número de páginas: 120

Preço: R$ 76,90





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco