http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/434f3e7f97922e2f13bb52752bc86f56.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Como é feito o Champagne Rosé?

 

Por Silvia Cintra Franco

 

Para fazer o champanhe da mais arrebatadora das cores, aquele rosado excitante e apaixonado, não basta técnica, vai um tanto de paixão e muito cuidado. E o autêntico rosé é como a mesma paixão, jamais se repete em cor e intensidade.

 

Quem nos fala de fazer rosé é o jovem Maxime Blin, do Champagne Maxime Blin, que esteve no Brasil a convite de Walter Fonseca da Vinea, sua importadora para apresentar seus mais novos champanhes liberados para o mercado, o  Millesimé 2005, 100% pinot noir, e o Champagne Cuvée Maxime Rosé L’Authentique, elaborado pelo método tradicional.

 

Maxime Blin tem um rosé – Champagne Brut Rosé – muito bom feito pelo método usual nos tempos de hoje, que consiste em fazer um blend do vinho tinto da pinot noir com o branco de chardonnay. O vinho tinto de pinot noir está pronto e se mistura a um vinho branco de chardonnay também já pronto. Este é um rosé do qual se tem maior controle do que pelo método tradicional que é o de sangria, o saignée.

 

O método de sangria exige muito cuidado, paixão e atenção do enólogo. Consiste em trabalhar apenas com as uvas tintas da pinot noir. O enólogo coloca no tanque as uvas para fazer a maceração (pressioná-las para liberarem o suco de suas uvas) e assim que as cascas da uva começam a colorir o líquido com sua cor rubra, o enólogo deve separá-las do suco assim que o líquido se tornar rosado. Se ele demora para fazer a separação ou sangria, periga de o vinho rosado ficar tinto...  

 

Está é a razão pela qual Maxime Blin revela no vídeo (com legendas) a impossibilidade de se ter rosé pelo método tradicional um vinho igual a cada ano.

 

A Vinea recebeu jornalistas para conhecer os champagnes de Maxime Blin harmonizados com um cardápio requintado e saboroso elaborado pelo chef Eudes Assis do restaurante Vinea Alphaville, um restaurante que vale a pena conhecer pelo charme, aconchego e alta gastronomia.

 

Notas de degustação


Champagne  Maxime Blin Brut Carte Blanche

Para quem gosta de evoluídos, a 1/2 garrafa está mais evoluída. A de 750ml está bem fresca .

Nariz de leveduras e frutas secas. Mais leve e frutada. 80 % pinot meunier e 20% pinot noir. Passa 24 meses sur lees. Evoluído na taça. Dourado, perláge finíssima e persistente. Longa persistência. Muito saboroso. Médio corpo acompanha bem comida e pratos mais pesados. Um best buy por R$158 na Vinea
 
 
Champagne  Maxime Blin Grande Tradition

90% chardonnay e 10% pinot noir. Passa sobre 30 meses sobre as leveduras (sur lees) em carvalho.
Amarelo ouro claro. Perláge ainda mais fina e abundante.
Aromas de fermento e leveduras, agradabilíssimo.
Muito fresco, muito leve e muito delicado. Para festejar e comemorar! R$235

 
Champagne  Maxime Blin Brut Rosé

Sur lees 20 meses. Visual de cereja eacobreado. É um rosé de assemblage de vinho tinto e vinho branco.
Bela acidez, fantástica. $235

 
Champagne  Maxime Blin Millésime 2002

100% pinor noir.

Amarelo vivo e brilhante. Perláge fina e constante
Aroma de leveduras, brioche. Bela cremosidade e boa acidez. Leve e picante. R$ 339
 
 
Champagne  Maxime Blin Cuvée Máxime

1/3 pinor noir, 1/3 pinot meunier e1/3 chardonnay
Amarelo  pálido. Extremamente delicado.
Leveduras, fermento.
Na boca, muito fresco, frutado, complexo, mousse delicada e abundante.
Champagne rosé feito método de sangria com vinificação em barris de carvalho. R$508
 
 
Champagne Maxime Blin Millésime 2005


100% pinor noir
Muito mais fresca, bem complexa e com fermento.
Mousse delicada e generosa em boca.
Bem equilibrado.
 
Champagne  Maxime Blin Rosé L’Authentique

Sangria 100% muito delicado, visual bem claro.
Mel, muito saborosa, fresca e boa acidez.

 

Na Vinea fone:3059-5205 ou clique abaixo e confira!

Maxime Blin
Maxime Blin
Array
Maxime Blin
Array
Maxime Blin
Array
Maxime Blin
Array
Maxime Blin
Array
Maxime Blin




Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco