http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/0ebfed7b22d146d4cabdd13b7eb9dafc.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Menos é mais OU mais por menos

Silvia Cintra Franco

 

Quem já não deixou de abrir um bom vinho, porque era uma garrafa de 750 ml e você sabia que não ia dar conta de beber sozinho/a? Viesse numa de 375 ml,  glupt!, estava no papo...

 

Dá pena abrir uma garrafa para tomar apenas duas taças e desperdiçar um vinhaço. E com toda a parafernália de vacuum vin etc., você pode apostar, o vinho aberto hoje já não será o mesmo amanhã...

 

Então, porque não adquirir um pequeno estoque de garrafas de 375 ml para apreciar o vinho em toda sua grandeza e esplendor?  Você abre sem dor na consciência ou nó no peito.

 

Garrafas de 375 ml são um típico caso em que menos é mais. Ou de mais por menos, já que meias garrafas saem mais em conta do que as inteiras.

 

Dica

Vinhos em 375 ml tendem a envelhecer/evoluir mais rapidamente. Portanto, se você é fã de vinhos jovens, mais tânicos e encorpados, compre vinhos de safras mais recentes.

 

Aqui algumas sugestões de vinhos em meia garrafa:

 

Náoussa OPAP 2004 Boutári

 

375 ml por R$26 na Vinci.

Vinhaço da Grécia de um produtor top, o J. Boutari & Son da Thessaloniki, Macedônia. Este Náoussa é para quem gosta de vinho evoluído, entrado em anos, sem botóx, vigoroso, mas sem exibição de músculos. Muito saboroso.

 

É um vinho que recorda os heróis gregos, quem sabe um Adônis, um Apolo, viris e definidos, seguros e potentes. Se fosse tenista, seria um Roger Federer. A safra é 2004 e está no ponto! Como se sabe, vinho em meia garrafa tende a envelhecer mais rápido.  A uva é a grega Xynomavro com potencial de envelhecimento. É um vinho rico e concentrado, bastante saboroso. O da safra 2004 já apresenta a cor atijolada, dos vinhos de guarda. Aromas evoluídos de frutas vermelhas maduras, canela e carvalho.


Náoussa OPAP 2005 (Boutári) está mais jovem e concentrado. R$28 na Vinci.

 

 

Lagar de Cervera Rias Baixas Galícia, Espanha

 

375ml por R$57 na Zahil

É um branco vivaz, nervoso e crocante feito com a uva AlbariñoLagar de Cervera é um branco delicioso para convencer qualquer um de que sim,  vinho branco é bom, muito bom mesmo.  Aromas de frutas brancas, pêssego, deliciosa acidez e mineralidade. Um toque zesty, vivaz citricidade, sedoso na boca. Um branco envolvente, fantástico para os dias de calor, frutos do mar, saladas, peixes, massas de molho branco.

Não existe  albariño de Rías Baixas barato, pois ela é cultivada em terrenos íngremes de acesso difícil. Existe albariño de boa relação preço qualidade. E é o caso deste Lagar de Cervera da Zahil.

 

 

La Joya Reserve Carmenere Vinã Bisquertt 2007

 

375ml R$ 24 na World Wine

Este chileno é puro prazer. Frutado, muita fruta negra, pimenta, amora. Aromas também de café e pimenta. Macio, bom volume em boca, bem estruturado, saboroso, um vinho amável. Sedoso, o prazer permanece em boca um bom tempo. Tudo de bom e com gosto de quero mais.

 

Palagetto Chianti Colli Senesi 2007

 

375ml por R$ 26 na Vinea.

Outro vinho da categoria puro prazer. Evoluído. Aroma complexo, equilibrado e muito saboroso. A acidez é companheira da comida, mas não é tão pungente quanto o comum dos chiantis. Macio, redondo na boca. Uma alegria.

 

Prove e comprove: vinhos em 375 ml são efetivamente mais por menos. Um autêntico caso em que menos é mais!





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco