http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/0ebfed7b22d146d4cabdd13b7eb9dafc.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa!

A façanha destes “meninos” foi a de colocar o Douro no mapa do mundo dos vinhos. E hoje há vinhos do Douro em todas as cartas de vinho de bons restaurantes. São cinco que a partir da década de 1990 resolveram virar a mesa e fazer vinhos tintos e brancos de qualidade para acompanhar refeições.

 

Quem são os Douro Boys?

 

João Ferreira (Quinta do Vallado), Dirk Niepoort (no evento à imprensa foi representado por José Teles da Niepoort), Francisco Olazabal (Quinta do Vale Meão), Tomás Roquette (Quinta do Crasto), Cristiano Van Zeller (Quinta Vale D. Maria).

 

Os Douro Boys vieram ao Brasil apresentar uma masterclass sobre o Douro. No evento em São Paulo, Tomás Roquette conduziu a apresentação, sempre divertida, bem humorada e com muita informação. Confira no vídeo a masterclass resumida em 5 minutos.

 

Cristiano Van Zeller da Quinta Vale de D. Maria falou com poesia e filosofia sobre o trabalho desenvolvido por esses “meninos de ouro” (confira no vídeo). Os Douro Boys tiraram da brutalidade da terra toda a harmonia e elegância que se pode degustar em seus vinhos. Hoje, não são apenas esses “meninos de ouro” que fazem grandes vinhos no Douro. Muitos outros lhes seguiram os passos, selecionando melhor os frutos, modernizando os equipamentos. Entretanto, no Douro a tradição vai de mão dada com a modernidade. Os grandes vinhos –sejam os tranquilos, sejam os do Porto – ainda passam pela pisa a pé em lagares. Os vinhos mais simples passam por máquinas próprias.

 

Para Cristiano Zeller: “Da diversidade e do caos, harmonia; da brutalidade que é a própria terra nós conseguimos trazer elegância“. A definição de elegância, essa elegância que sobressai nos vinhos tintos e brancos do Douro, Van Zeller foi buscar no poeta francês, Paul Valery: “Elegância é a arte de se passar despercebido aliada ao extremo cuidado de se fazer notar.” Esta a elegância dos vinhos de Cristiano Zeller e dos Douro Boys.

 

Quinta Vale D. Maria 2008, um vinhaço elegante, bela estrutura e acidez, taninos civilizados e agradavelmente presentes.

CV Curriculum Vitae 2008, vinho mais complexo, fino e com personalidade, mais corpo, mais presença na taça e muito saboroso. Importação da Vinho Sul (www.vinhosul.com.br).

 

Quinta do Vale Meão 2008 de Francisco Olazabal é um vinho delicado, fino e de muito caráter, com aromas complexo e chocolate. Maravilhoso, importado pela Mistral www.mistral.com.br

 

Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2009 é um clássico do endiabrado e talentoso Tomás Roquette. Aromas complexos, fresco, sedoso, cativante. Importação da Qualimpor www.qualimpor.com.br

 

Charme 2007 da Niepoort é um vinhaço com um toque de Borgonha, aromas envolventes, chocolate, macio no palato. Delicioso. Importação da Mistra. www.mistral.com.br

 

Quinta do Vallado Reserva Field Blend 2008 de João Ferreira é um belo tinto de vinhas velhas e castas diversas com belo volume de boca, fino e elegante. Importação da Cantu.  www.cantu.com.br
São vinhos todos elegantes e finos, uma prova de que od Douro Boys dominam a arte de tirar elegância da brutalidade e harmonia do caos.

 

Confira no vídeo.

Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa! 
Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa!
Array
Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa!
Array
Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa!
Array
Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa!
Array
Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa!
Array
Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa!
Array
Douro Boys, a turma que pôs o Douro no mapa!




Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco