http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/0ebfed7b22d146d4cabdd13b7eb9dafc.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

O Inimigo de Catena Zapata: um vinho ousado

Adriana Catena é a filha caçula e menos conhecida de Nicolás Catena Zapata. Estuda em Oxford, enquanto seus irmãos Laura e Ernesto (Tikal) já produzem e são reconhecidos por seus próprios vinhos. Adriana pesquisou como boa historiadora a história dos vinhedos mendocinos e resgatou as castas mais antigas ali plantadas por imigrantes italianos: a Malbec e a Petit Verdot. E com estas castas, e a colaboração de Alejandro Senajovich, nos vinhedos e de Alejandro Vigil, enólogo de Catena Zapata e que esteve entre nós recentemente, criou e produziu um instigante  El Inimigo Malbec 2008, um vinho absolutamente fora do estilo Catena Zapata.

 

Segundo Alejandro Vigil, a criação deste Inimigo se deu durante um jantar em Londres quando Adriana comentava com ele uma questão até hoje não respondida por scholars e especialistas: o que levou Aníbal, o ousado general cartaginês a adiar a conquista de Roma? Aníbal havia feito uma travessia inédita e dramática dos Pirineus e dos Alpes com todo um exército e elefantes para atacar Roma, venceu fulminantemente os romanos, numericamente mais fortes, na batalha de Canna em 216 AC e, quando tinha Roma, humilhada e aniquilada a seus pés, em vez de marchar sobre a cidade, adiou indefinidamente a investida e, assim, perdeu sua grande chance.

O mesmo sucedeu com Gengis Khan, lembrou Alejandro Vigil. Khan assalta e conquista em 1227 a Ucrânia e está na iminência de conquistar a Europa. Entretanto, Gengis Khan vem a falecer e os filhos decidem adiar a conquista da Europa, ocupados em dividir entre si o império. E por este adiamento a oportunidade também se perde.
O mote da concepção de El Inimigo, segundo Adriana e Alejandro, teria sido o inimigo interno que nos habita, fragiliza e detém. Daí surge o projeto El Inimigo Malbec, um vinho cult, complexo, com o “nervo” da Petit Verdot (7%), de uvas provenientes do vinhedo Adriana e de vinhas velhas de 80 anos de San Carlos, em La Consulta. Um vinhaço de estilo diverso ao da bodega Catena Zapata: um vinho de forte personalidade, muita presença, muita garra e toda a determinação que faltou a Aníbal e aos Khan... Um bravo para Adriana e Alejandro que não adiaram o projeto. El Inimigo e toda a linha Catena Zapata são importados pela Mistral. www.m istral.com.br

O Inimigo de Catena Zapata: um vinho ousado  	
O Inimigo de Catena Zapata: um vinho ousado
Array
        O Inimigo de Catena Zapata: um vinho ousado




Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco