http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/0ebfed7b22d146d4cabdd13b7eb9dafc.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Os Top 5 do Encontro de Vinhos Off que acontece nesta segunda. Imperdível!

Dezessete profissionais do meio do vinho estiveram presentes na quinta-feira, dia 18 de abril, na Casa do Porto de Péricles Gomes para degustar as amostras enviadas pelos expositores do evento.

 

E, como já é de costume, foram eleitos os cinco melhores exemplares da noite.

 

Confira os nomes e programe sua visita ao evento, que será no feriado do dia 21/04 a partir das 14 horas na Casa da Fazenda Morumbi:

 

Primeiro Lugar: H Stagnari Viejo Tannat 2011

País: Uruguai

Produtor: H. Stagnari

Importador: Cantu

Preço médio: R$ 77,00

Este vinho é reconhecido na Europa como um dos 6 melhores vinhos tintos do mundo e também um dos prediletos no hemisfério sul.

É elaborado na região de La Caballada com 100% da varietal Tannat.
Envelhecido em barricas de carvalho francês por 12 meses e 6 meses na garrafa.

O produtor, Bodega Stagnari, adota o conceito de Bodega Boutique com um estilo rústico e peculiar. É uma das vinícolas mais premiadas internacionalmente no Uruguai e possui uma ampla gama de produtos, desde uma linha básica até os grandes ícones, como o Viejo Tannat, degustado no Top 5.

 

Segundo Lugar: Alfa Crux 2007

País: Argentina

Produtor: O. Fournier

Importador: Vinci

Preço médio: R$ 223,00

Com uma pontuação de dar inveja a qualquer vinho, este exemplar da safra 2007 apresenta 92 pontos pela Wine Spectator e 93 por Robert Parker. Apontado como um dos três melhores vinhos da Argentina pelo inglês Tom Stevenson, o Alfa Crux é produzido por uma das vinícolas mais importantes e belas da região de Mendoza, a O. Fournier.

E, como não poderia deixar de ser, é um tradicional varietal de malbec, uva ícone na região, possui 15% de álcool elegantemente equilibrado com um

frescor típico da parcela de La Consulta e com os generosos 20 meses estagiados em barricas novas de carvalho francês e americano.

 

Terceiro lugar: Amarone della Valpolicella Il Bosco 2006

País: Itália

Produtor: Cesari

Importador: MaxBrands

Preço médio: R$ 300,00

Proveniente da região do Vêneto, o Amarone combina perfeitamente elegância com potência.                                                                                                                     E falar de Amarone é falar de Gerardo Cesari. Fundada em 1936, esta tradicional vinícola exporta para mais de 44 países e é uma das mais importantes do Mundo. O famoso corte entre as autóctones Corvina Veronese (75%) e Rondinella (20%) ainda ganha um toque de 5% da uva Molinara neste exemplar, que é detentor da medalha de prata no International Wine And Spirit Competition 2012. Depois do tradicional processo de secagem das uvas para obter maior concentração, álcool e doçura, ele passa por um estágio em barricas de carvalho francesa e eslovaca e termina seu processo na garrafa, onde descansa por 8 meses.

 

Quarto lugar: Acróbata 2011

País: Chile

Produtor: Acrobat Wines

Importador: Terrurares

Preço médio: R$ 168,00

Assinado pelo renomado enólogo Patrick Valette, este vinho é elaborado na região de Entre Cordilheiras, uma das zonas vitivinícolas mais antigas do Chile, que tem a mesma distância entre o mar e a cordilheira, recebendo a influência de ambos , o que confere ao vinho corpo, estrutura e potencial de guarda. A colheita é manual, e a vinificação sem adição de leveduras. O vinho é um corte com 69% Cabernet Sauvignon e 31% Carmenère e passa 15 meses em barricas francesas.

 

Quinto Lugar: Bella Quinta Licoroso Várias Safras

País: Brasil

Produtor: Bella Quinta

Preço médio: R$ 32,00

A grande surpresa da noite ficou por conta deste vinho brasileiro, proveniente da região de São Roque e, acreditem, feito com a uva de mesa Niágara.

Em 2005, a 4º geração da família que começou a produzir vinhos na região de São Roque  decide produzir um vinho 100% Cabernet Sauvignon em Flores da Cunha RS, onde é cultivada a variedade. Aquela vindima marcou o início da produção dos vinhos da Bella Quinta, que foi lançado no mercado em 2009. Os produtos ainda são comercializados somente em São Roque.

 

Mais informações em: www.encontrodevinhos.com.br

 





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco