http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/67dd6359d5ca9d6d89ab39f98880b956.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

A cozinha brasileira e a do Piemonte na versatilidade da Barbera

Por Silvia Cintra Franco

 

A Expand reuniu na semana passada dois craques da cozinha e um dos vinhos. Os chefs Alex Atala e Giuseppe Bologna prepararam no Dalva e Dito um jantar a ser harmonizado com a uva Barbera de outro Giuseppe Bologna, enólogo e filho de Giacomo Bologna, proprietário de Braida.

 

Giacomo Bologna, apelidado de Braida, foi  quem se atreveu a  transformar a barbera de vinhos rudes e simplórios em nobre casta capaz de elaborar vinhos excepcionais, elegantes, estruturados, sedosos e cativantes.  Acrescente-se que a barbera é uma casta versátil, faz vinhos jovens e deliciosos com a mesma desenvoltura e versatilidade com que faz vinhos complexos e para guarda.

 

Giacomo ou Braida fundou a vinícola em 1961 e a transformou em uma das vinícolas líderes do Piemonte com o propósito de fazer vinhos com a Barbera com a mesma qualidade e finesse dos tintos da Borgonha.  Braida é hoje uma das vinícolas mais respeitadas no Piemonte.

 

Os chefs Alex Atala e Giuseppe Bologna serviram no coquetel de entrada bolinho de arroz, palitinhos de mandioca frita e salame típico piemontês, acompanhados por um vinho alegre, brincalhão, muito vivo como diz o próprio nome em dialeto local, um vinho moleque: o La Monella 2009. Fresco e frutado, fácil de beber e de gostar.

 

A mesma barbera, passada em barril de carvalho, faz um vinho redondo, maduro de frutas negras e com especiarias.  Foi o premium  Bricco Dell’Uccelone 2007 que acompanhou o Risotto de codorna com legumes e trufas negras do chef Bologna. Bricco Dell’Uccelone 2007 é o vinho que há 30 anos mostrou o caminho da glória para a barbera . Um vinho que passa 12 meses em barrica e outros em garrafa. Levou dois bicchieri no Gambero Rosso 2012. É um belo cru em Rocchetta Tanaro. Bem redondo, complexo, toque mentolado, alcaçuz e baunilha.

 

O Pirarucu a chapa com vinagre de castanha-do-pará e ratatouille do sertão (adivinha quem criou?) foi acompanhado pelo Bricco Della Bigotta 2007. Este 2007 é um vinho fino, elegante, de caráter, uma acidez convidativa com gosto de quero mais. Um belo vinho!

 

Charmoso e cativante é o Il Bacialé 2009, um vinho que casa com felicidade barbera 60%, pinot nero 20%, merlot 10% e cabernet sauvignon 10%. Daí seu nome em homenagem a um personagem histórico que combinava casamentos. Este Il Bacialé 2009 foi perfeito com o Ovo cocotte com Bagna Cauda. É um vinho que oferece toda a delicadeza da pinot nero.

 

Fechou a noite o delicado Moscato D’Asti 2011 com o Sorvete de avelã Piemontês.

 

Está provado e comprovado, a casta Barbera tem versatilidade e a barbera Braida tem muita qualidade. Confira no vídeo!

 

Serviço

Braida é importação da Expand (tel.11-3017.3000)

La Monella 2009 R$108

Il Bacialé 2009 R$ 108

Bricco Della Bigotta 2007 R$328

Bricco Dell’Uccelone 2007 R$328

 





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco