http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/434f3e7f97922e2f13bb52752bc86f56.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

As mais novas joias da coroa

Por Marco Merguizzo

 

O conhecimento de connoisseur e o “faro real” do príncipe Robert de Luxemburgo, chairman e CEO da Domaine Clarence Dillon, parecem ter acertado na mosca: a partir de um vinhedo situado em um magnífico terroir nas proximidades do planalto de Saint-Émilion, arrematado em 2011 pela vinícola pertencente à família real de Luxemburgo, foram esculpidas duas novas “joias líquidas”.

 

Logo em sua primeira safra, os tintos Château Quintus e Le Dragon de Quintus, apresentados pela primeira vez em abril deste ano durante a semana En Primeurs, foram avaliados por críticos de peso, como Robert Parker, James Molesworth, da Wine Spectator, e o master wine Tim Atkin, com pontuações entre 90 e 93 pontos, ganhando destaque e a atenção de uma legião de enófilos do mundo todo.

 

“Uma mistura de partes iguais de Merlot e Cabernet Franc, de uma cor azul/roxa profunda, acompanhada de sabores pronunciados de framboesa, flores da primavera e ervas, combinados a notas de sílex e chão de floresta. Médio a encorpado, surpreendentemente complexo e suave como a seda, ideal para consumo nos próximos 10-15 anos (90-93 pontos)”, anotou o crítico americano sobre o Château Quintus. “Estamos muito orgulhosos do fato de Robert Parker ter classificado nossa primeira safra Quintus como ‘excepcional’. Ele foi posicionado no mesmo patamar de alguns dos 10 principais vinhos de nossa região”, comentou o príncipe Robert de Luxemburgo.

 

Já Molesworth, da Wine Spectator, avaliou o Château Quintus St. Émilion 2011 como “exuberante, mas puro e agradável, com uma textura granulada menos evidente e notas igualmente vivas de violeta e cassis, sugerindo uma quantidade extra de pasta de cereja e uma nota de ferro. Mais longo e fino no final (90-93). A vinícola parece ter começado bem.”

 

Um terroir de estirpe

Desde que adquiriu esse vinhedo, a Domaine Clarence Dillon dedicou-se à tarefa de entender a propriedade e aplicar todo o conhecimento e técnicas de vinificação que adquiriu ao longo de três quartos de século no Château Haut-Brion.

 

O Château Quintus está situado em torno de um cabo elevado, ao final do planalto de Saint-Émilion. No alto, o vinhedo proporciona uma vista privilegiada de todo o Vale de Dordogne. Mas a originalidade do terroir resulta de sua diversidade de solos, declives e orientações. Desde o final do século 19, os vinhos ali produzidos estão entre os mais procurados e caros de Saint-Émilion.

 

Por quase um século, o grande livro de referência de Bordeaux, o Bordeaux et ses Vins, de Cocks e Feret, citou a propriedade como produtora de Premier Cru de Saint-Émilion. A vinícola também foi um dos primeiros vinhedos de Saint-Émilion a receber uma medalha de ouro na Exposição Universal de Paris, em 1867.

 

Produção butique

Os preparativos para a colheita de 2011 foram totalmente supervisionados pelos enólogos de La Mission e Château Haut-Brion. Para tanto, era fundamental que a primeira safra do Château Quintus fosse de qualidade equivalente à de seus pares de Haut-Brion. Em número de garrafas produzidas, a safra de 2011 equivaleu a apenas 28% da de 2009, ou seja, uma produção butique de 17 mil garrafas tão-somente. 

 

A Domaine Clarence Dillon anunciou a venda de apenas 1.000 caixas de cada um dos rótulos no mercado de futuros. Foi divulgado também um novo modelo de garrafa e rótulo. A empresa desenvolveu uma garrafa única e exclusiva para o Quintus, inspirada nas usadas pelo Château Haut-Brion em meados do século 19, encontradas recentemente em um covil de piratas na Ilha de Mayotte, no Oceano Índico. A exemplo de suas antecessoras, as novas garrafas serão adornadas por um selo com logo Q.V. gravado em alto relevo no próprio vidro.

 

Ainda não disponíveis no Brasil, pode-se adquirir esses vinhos pelos sites: http://www.wine-searcher.com/find/Château+quintus/2011 e  http://www.wine-searcher.com/find/le+dragon+de+quintus/2011.





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco