http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/0ebfed7b22d146d4cabdd13b7eb9dafc.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Francis Ford Coppola: Vinicultura e Famiglia

 4 de agosto de 2015

 

 

Por Guto Martinez

 

 

Um grande nome da indústria do cinema, ganhador de cinco Oscar da Academia, pai de família, avô. Com tantos predicados, uma pessoa comum poderia até se sentir realizada, mas para Francis Ford Coppola, cabe ainda um título: o de grande produtor de vinhos da Califórnia.

 

 

A ligação do diretor de filmes como "O Poderoso Chefão" e "Apocalipse Now" com o vinho tem origem familiar: seu avô, imigrante italiano, fazia vinhos em tanques de concreto nos porões da cidade de Nova Iorque - os quais, claro, não tinham grande qualidade, e eram feitos para consumo diário. A família, aliás, parece ser uma das grandes motivações de Coppola, e não raro seus projetos envolvem familiares de alguma forma, sendo Sofia Coppola, sua filha que segue os passos como diretora, um bom exemplo.

 

 

São diversas vinícolas comandadas de maneira muito próxima pelo diretor, as quais produzem um total de 58 rótulos, todos com uma história para contar - quase como um roteiro por garrafa, incluindo uma linha de espumantes muito elegantes nascida do casamento de Sofia, sua filha que ainda hoje opina nas suas embalagens, e de uma que homenageia a avó de Coppola, cuja língua de origem era o francês falado na Tunísia, e que se chama Votre Santé.

 

 

Tamanho cuidado com as origens se reflete no preparo dos vinhos, no qual o próprio Francis participa de maneira muito direta, decidindo praticamente todas as etapas do processo: desde as uvas a serem plantadas em cada uma das suas propriedades, até o desenho final dos rótulos e formato das garrafas - por decisão dele é que os Chardonnay e Pinot Noir da linha Director's Cut estão em garrafas bordalesas, e não nas típicas Borgonha bojudas de ombros largos, visto que o rótulo em espiral não poderia ser usado neste segundo tipo.

 

 

A obsessão ao detalhe de Francis Ford Coppola, aliás, transparece não apenas em seus aclamados filmes - as filmagens de Apocalipse Now foram responsáveis por três bancarrotas do diretor, de tão altos os custos de produção - mas também no reconhecimento ao trabalho enológico: ele é o único produtor americano autorizado a produzir o Claret, tradicional vinho de Bordeaux cuja base é o Cabernet Sauvignon, e que é o seu campeão de vendas.

 

 

Uma curiosidade, já que estamos falando de um autêntico diretor de Holywood: este vinho nasceu após uma visita do vizinho de Coppola, que era ninguém menos que Robert Mondavi, e que comentou a origem das vinhas da propriedade: tratavam-se de videiras francesas, oriundas do Haut-Medoc, portanto aptas a produzir com a mesma qualidade que suas conterrâneas europeias.

 

 

Outra parte interessante da aventura enológica de Coppola são suas vinícolas, algumas das quais contam com um sistema de resorts familiares de altíssima qualidade e que, frequentemente, atingem lotação máxima em todos os finais de semana. Sua propriedade em Sonoma, por exemplo, possui uma das três únicas licenças para que haja um restaurante em conjunto com a vinícola, prática hoje proibida na região - outra delas pertence à antiga Geiser Peak e acaba de ser adquirida por ele. Também são produzidas nas propriedades as massas servidas e molhos orgânicos, feitos pelo próprio Coppola com receitas de sua avó.

 

 

Portanto, não é exagero dizer que Francis Ford Coppola é muito mais que apenas um nome no rótulo: trata-se de um empresário de sucesso, cujas palavras de ordem são cinema, vinho, comida, resorts e aventura. O melhor de tudo é apreciar o conjunto de sua obra, seja vendo seus filmes, seja bebendo seus vinhos - ou combinando os dois!

 

 

Notas de Degustação

 

 

Rosso & Bianco Chardonnay 2012

 

Um Chardonnay 100% envelhecido em tanques de inox (sem madeira), algo incomum na Califórnia e que demonstra a visão do produtor, ao fugir de um clichê. Em taça, amarelo palha claro com reflexos esverdeados. No nariz, este vinho é cheio de frutas frescas, como maçãs e peras, tangerina, um pouco de frutas cozidas. Em boca é elegante, com acidez equilibrada com o teor de frutas, untuosidade, sem excessos e muito saboroso.

 

Rosso & Bianco Shiraz 2012

 

Aromas de amoras negras, especiarias (anis, baunilha), flores (violetas), cacau. Boca bastante aveludada, sendo que os sabores frutados são bastante notáveis. Um vinho com média persistência, taninos finos, mostra-se bastante moderno, mas elegante também.

 

Diamond Collection Cabernet Sauvignon 2012

 

Em taça, rubi violáceo. No nariz, destaque aos frutos vermelhos, aromas de ervas e couro. Em boca demonstra certa austeridade, com taninos um pouco mais rústicos, mas sem agressividade. Vinho de persistência média, com acidez gastronômica e bastante potente.

 

Diamond Collection Red Blend 2010 !!

 

Trata-se de um corte de 5 uvas, com prevalência de Zinfandel, Syrah e Petite Syrah, além de Cabernet Sauvignon e Merlot. Abundância de frutos vermelhos e negros no nariz (cerejas, groselhas, mirtilo), com especiarias doces, seiva, um toque mentolado. Em boca também é potente, um toque picante, boa persistência. Taninos macios e bem redondos. Sedutor!

 

Director's Cut Dry Creek Valley Zinfandel 2011 !!

 

Corte de 78% Zinfandel e 22% Petite Syrah, em taça tem um belo tom rubi violáceo. Aromas complexos, frutas vermelhas, especiarias (cravos, noz moscada), sândalo, chocolate. Boca muito generosa, bastante potência, mas sem excessos. Taninos finos, boa persistência e acidez equilibrada. Um vinho digno de Oscar!

 

 

Os vinhos de Francis Ford Coppola são trazidos ao Brasil pela Ravin, e podem ser encontrados no site http://www.ravin.com.br/. Um vinho com uma história de cinema para contar!





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco