http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/434f3e7f97922e2f13bb52752bc86f56.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Mistral 2012

Por Silvia Cintra Franco

 

Eu voltei mais cedo dos EUA, onde estava para não perder o Encontro Mistral 2012. E valeu a pena. Como sempre e ainda assim é sempre uma surpresa, poder degustar vinhos de tanta excelência com os que fazem o vinho e ali estão, pacientes e gentis servindo a sua taça e explicando como fazem seus vinhos e a filosofia de sua vinícola.

 

Entrevistei Dirk Nieeport, um pioneiro do vinho tranquilo do Douro, integrante do chamado grupo dos Douro Boys. Seus vinhos são elegantes, saborosos e felizes. Experimente o Conversa, um vinho frutado, e o Tiara, belo branco.

 

Também conversei com Paolo de Marchi, proprietário e enólogo da prestigiosa Isole e Olena, da Toscana, e também agora da Proprietà Sperino em Piemonte. E claro não resisti em comentar que enquanto Angelo Gaja descia do Piemonte para fazer vinhos na Toscana, ele Paolo de Marchi subia para fazer vinhos no Piemonte, ao que ele me responde rápido, ele não subiu, apenas retornou ao Piemonte, para a Proprietà Sperino que pertence à família. Pois tratem de provar seu Nebbiolo da Proprietà Sperino em Piemonte, de uma parcela feliz de terroir, Lassona, mineral, taninos suaves. E não percam seu Cabernet Sauvignon 2004 Isole e Olena.

 

E não resisti a entrevistar Castelo di Ama, desta feita não o proprietário e enólogo Marco Pallanti, mas sua filha de 13 anos, Norma Pallanti. Um pouco de maldade de minha parte, mas nunca é tarde para jogar a nova geração no fogo. E Norma servia direitinho as taças e explicou tudo. Só não bebia vinho.

 

E, claro, ali também estava outro grande mestre da baga, Carlos Campolargo, com um vinho único feito de Alveirão, casta portuguesa. Provei de seus Pinot Noir com um tico de syrah, tudo de bom.

 

Além desses destaques, há que provar na categoria champanhe Bollinger Vintage 2002 e Pol Roger Vintage 1999. E não passe reto pela Ca'del Bosco, porque seus espumantes estão ótimos. Naturalmente, para os amantes da Borgonha ali estavam os vinhos de Joseph Drouhin. E também o Cremant d'Alsace com ouro 24 quilates da Parigot. Não dá para enumerar tudo, mas dá para dizer que está imperdível!

 

Enfim, aqui em São Paulo, ainda restam dois dias de Encontro Mistral, e um no Rio de Janeiro. Não tem como não ir!





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco