http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/434f3e7f97922e2f13bb52752bc86f56.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Mistral imperdível!

Encontro Mistral 2012 traz ao Brasil as maiores celebridades do mundo do vinho, de 16 a 19 de julho

 

 

Sexta edição do Encontro Mistral reúne mais de 90 grandes produtores de vinho do mundo em São Paulo, de 16 a 18 de julho, e Rio de Janeiro, no dia 19

 

Realizado pela importadora Mistral a cada dois anos, o evento traz ao país prestigiados enólogos e proprietários de vinícolas de 15 países, servindo pessoalmente ao público cerca de 585 de seus melhores rótulos

 

Entre as personalidades presentes, Hubert de Billy, da Pol Roger, com seus excepcionais Champagnes safrados, Serge Hochar, do Chatêau Musar, primeiro “Man of the Year” da Decanter, Dirk Niepoort, maior impulsionador dos “Douro Boys, o californiano Paul Hobbs e o espanhol Fernando Remírez de Ganuza, ambos donos da mítica nota 100 de Robert Parker

 

    

Hubert de Billy (Pol Roger), Serge Hochar (Ch. Musar) Laura Catena (Catena Zapata), Dirk Niepoort (Niepoort) e Paul Hobbs (Paul Hobbs)

 

A importadora Mistral traz ao Brasil mais de 90 consagrados produtores de vinho para o Encontro Mistral 2012. Criado em 2003 e realizado a cada dois anos, o evento chega a sua 6ª edição como um dos mais respeitados do mundo do vinho. Em São Paulo, acontece nos dias 16, 17 e 18 de julho, no hotel Grand Hyatt, e no Rio de Janeiro, dia 19 de julho, no Sofitel Copacabana.

 

Estarão presentes prestigiadas vinícolas de 15 países, representadas, na maioria, por seus proprietários ou enólogos, servindo ao público cerca de 585 dos seus melhores rótulos. “Muitos destes produtores não costumam participar nem dos principais eventos de vinhos na Europa. Vê-los juntos no Brasil, apresentando pessoalmente seus vinhos e conversando com nossos clientes, é uma grande satisfação”, diz Ciro Lilla, presidente da Mistral.

 

Algumas das maiores celebridades do vinho participam do Encontro Mistral pela primeira vez. Entre eles, Serge Hochar, do libanês Château Musar, que foi eleito em 1984 o primeiro "Man of the Year" da revista Decanter, Hubert de Billy, da Pol Roger, produtora de excepcionais Champagnes safrados que foram servidos até no casamento do príncipe William e Kate Middleton, o talentoso e irreverente Dirk Niepoort, que inspirou toda a nova geração de enólogos do Douro e impulsionou os “Douro Boys”, o californiano Paul Hobbs e o espanhol Fernando Remírez de Ganuza, ambos recebedores da mítica nota 100 de Robert Parker.

 

Muitas personalidades do Velho Mundo retornam ao evento, como os portugueses Carlos Campolargo, que inaugurou a vinícola Campolargo em 2000 e já foi eleito duas vezes “Produtor do Ano” (pela revista Wine e Revista de Vinhos), o genial Luis Pato, “revolucionário da Bairrada” que não para de se reinventar, e Francisco Olazabal, da Quinta do Vale Meão, produtor do tinto português mais pontuado na história da Wine Spectator.

 

Da Itália, reencontraremos Paolo Coppo, proprietário da centenária Coppo, a “rainha” do Barbera, Mario Cordero, da Vietti, uma das primeiras famílias do Piemonte a elaborar Baroli e Barbareschi com uvas de um único vinhedo, Marco Pallanti, da Castello di Ama, ícone de Chianti Classico e o produtor italiano que mais tem impressionado Robert Parker nos últimos anos, e a brasileira Noemia D'Amico, que comanda a D’Amico, uma das emergentes propriedades da região de Lazio.

 

Da Espanha, Miquelangel Cerdá, da Ánima Negra, que desenvolve “cult wines” em minúsculas quantidades na ilha de Mallorca, e Christopher Cannan, das bodegas Clos Figueras, Clos Mogador e Celler Laurona, responsáveis por colocar a hoje cultuada região do Priorato no mapa do vinho. E da França, Pascal Jolivet, um dos novos personagens do Vale do Loire, e Patrick Peyrelongue, da Maison Delamain, um dos mais antigos e reputados nomes em Cognac.

 

Também estão de volta ao Encontro Mistral diversas estrelas do Novo Mundo, como o sul-africano Marc Kent, da Boekenhoutskloof, a “Vinícola do Ano 2012” pelo respeitado guia Platter’s South African Wines. Da América do Sul, Laura Catena, da Catena Zapata, filha do visionário Nicolás Catena, maior nome da Argentina e primeiro sul-americano escolhido “Homem do Ano” pela Decanter, em 2009, e Daniel Pisano, da Pisano, melhor produtor do Uruguai pela crítica Jancis Robinson e por Steven Spurrier, que elegeu o seu Etxe Oneko Tannat, como o “Melhor Vinho Doce”. Do Brasil, encontraremos novamente Luis Henrique Zanini, proprietário e enólogo da Vallontano, que elabora vinhos finos, elegantes e com identidade própria.

 

    

Pascal Jolivet (Pascal Jolivet), Grégory Georger (Parigot), Noemia D’Amico (D’Amico), Francisco Olazabal (Q. Vale Meão) e Mario Cordero (Vietti)

 

VINHOS ESTRELADOS E NOVIDADES

 

Na seleção de vinhos da 6ª edição do Encontro Mistral, estão diversos rótulos estrelados, recebedores de muitos elogios e altas notas da crítica especializada, como os Champagnes Bollinger Grande Année Vintage 2002, um dos "melhores vinhos do mundo" para Robert Parker, com 94 pontos da Wine Spectator (safra 1999), e Pol Roger Cuvée Winston Churchill 1999, lançado em 1984 em homenagem a Sir Winston Churchill.

 

Entre os vinhos da Bourgogne, está o Charmes-Chambertin Grand Cru 2008, (Joseph Drouhin) e o Cuvée L’Or de Parigot Brut (Parigot), um magnífico espumante rosé com flocos de ouro de 24 quilates, e de Bordeaux, o Château Kirwan 2007, o Château Cos d’Estournel 2004 e o Château La Lagune 2008.

 

Da tradicional Toscana, serão servidos vinhos prestigiados, como Brunello di Montalcino DOCG 2007 (Biondi Santi), o Schidione IGT 2001 (Castello di Montepò), o Vigna L’Apparita Merlot 2008 (Castello di Ama) e o Chianti Classico Rancia Riserva 2007 (Fèlsina).

 

Há ainda o excepcional Pesquera Janus Gran Reserva 2003, da Ribeira del Duero, o cultuado e disputadíssimo argentino Angelica Zapata Malbec 1995 (Catena Zapata) e o vinho de sobremesa austríaco Cuvée Eiswein 2009 (Alois Kracher).

 

O público também poderá provar muitas novidades no evento, como os portugueses Quinta da Pellada Primus 2010, Altano Reserva Quinta do Ataíde 2008 e Tapada de Coelheiros Petit Verdot 06 (Herdade de Coelheiros), e os espanhóis Plic Plic Plic 2009 (Ánima Negra), Finca Montepedroso Verdejo 2011 (Martinez Bujanda) e Trasnocho 2006 (Remirez de Ganuza). Da América do Sul, tem os novos Vallontano Espumante Extra Brut Luis H. Zanini 2010, Outer Limits Pinot Noir 2010 (Viña Montes) e Altos Las Hormigas Malbec Single Vineyard 2006.

 

PARTICIPANTES DO ENCONTRO MISTRAL 2012

 

Confira abaixo a relação completa das vinícolas participantes desta edição e quem as representam no evento (sujeita a alterações):

 

África do Sul

Boekenhoutskloof – Marc Kent (proprietário-enólogo)

De Wetshof – Johann e Peter de Wet (proprietários)

Kanonkop – Johann Krige (proprietário-enólogo)

Krone & Barista – Elzanne Beineke (diretora)

 

Alemanha

Domdechant Werner – Renato Tatini (representante da vinícola)

Dr. Bürklin-Wolf – Renato Tatini (representante da vinícola)

 

Argentina

Altos las Hormigas – Estefania Litardo (diretora)

Catena Zapata – Laura Catena e Alejandro Vigil (proprietária e enólogo)

Ernesto Catena Vineyards – Matias Fraga (diretor)

Masi Tupungato – Luc DesRoches (diretor)

 

Áustria

Alois Kracher - Gerhard Kracher (proprietário-enólogo)

 

Brasil

Vallontano – Luis Henrique Zanini (proprietário-enólogo)

 

Chile

Amayna – Maria Paz Garcés Silva (proprietária)

Casa Lapostolle – Julien Berthelot (diretor)

Viña Carmen – Felipe Ibanez (enólogo)

Viña Montes – Bernardo Troncoso e Sonia Montanares (enólogo e diretora)

 

Espanha

Ánima Negra – Miquelangel Cerdá (proprietário)

Bodegas Chivite – Oscar Alvarez (diretor)

Bodegas Valdemar - Roberto Alonso (diretor)

Clos Figueras – Christopher Cannan (proprietário)

Dominio de Atauta – Andrés Harmsen (diretor)

Jané Ventura & Tomás Cusine – Carlos Mora (diretor)

Clos Mogador & Laurona - Noel Lang (diretor)

Martinez Bujanda – José Maria Castañeda (diretor)

Pesquera – Miguel Angel Bocos (diretor)

Remírez de Ganuza – Fernando Remírez de Ganuza (proprietário)

Viñas del Vero – Christopher Canale-Parola (diretor)

Alión & Pintia – Purificación Mancebo (diretora)

 

Estados Unidos

Paul Hobbs – Paul Hobbs (proprietário)

 

França

Bollinger – Philippe Menguy (diretor)

Cos d'Estournel – Géraldine Santier (diretora)

Daumas Gassac – Victorine Babe (diretora)

Delamain – Patrick Peyrelongue (proprietário)

Domaine Cazes – Louis Blanchard (diretor)

Dopff au Moulin & Dopff et Fils – Philippe Durst (diretor)

Guy Saget – Jean-Louis e Marie-Claire Saget (proprietários)

JM Cazes – Marc Hoffmann (diretor)

Joseph Drouhin – Christophe Thomas (diretor)

Parigot – Grégory Georger (proprietário)

Paul Jaboulet – Tom Hlasny (diretor)

Pol Roger – Hubert de Billy (proprietário)

Schröder & Schÿler – Yann Schÿler (proprietário)

Chapoutier – Pierre-Adrien Fleurant (diretor)

Pascal Jolivet – Pascal Jolivet (proprietário)

 

Grécia

Gaía – Iliana Sidiropoulou (diretora)

 

Hungria

Oremus – Purificación Mancebo (diretora)

 

Itália

Adami – Enrico Valleferro (diretor)

Alois Lageder – Alexander Hecht (diretor)

Badia a Colbituno – Giandomenico Zedde (diretor)

Biondi Santi & Castello di Montepó – Valentina Gherardi (diretora)

Bisol – Roberto Actis (diretor)

Cà del Bosco – Bruno Zaratin (diretor)

Castello del Terriccio – Carolina Zucchini (diretora)

Castello di Ama – Marco e Lorenza Pallanti (proprietários)

Coppo – Paolo Coppo (proprietário)

Costanti – Andrea Costanti (proprietário)

D'Amico – Noemia D'Amico (proprietária)

Fattoria di Felsina – Caterina Mazzocolin (proprietária)

Isole e Olena & Sperino – Paolo de Marchi (proprietário-enólogo)

Le Macchiole – Cinzia Merli (proprietária)

Lungarotti – Marco Zauli (diretor)

Masciarelli – Vincenzo Protti (diretor)

Masi – Luc DesRoches (diretor)

Nonino – Maria Theresia Erhard (diretora)

Santadi – Antonello Pilloni e Raffaele Cani (presidente e diretor)

Tasca d'Almerita – Antonio Virando (diretor)

Vietti – Mario Cordero (proprietário)

Villa Poggio Salvi – Luca Belingardi (diretor)

 

Líbano

Château Musar – Serge e Marc Hochar (proprietários)

 

Portugal

Campolargo – Carlos Campolargo (proprietário-enólogo)

Herdade de Coelheiros – José Pedro Simões (diretor)

Lavradores de Feitoria – Olga Martins (proprietária-enóloga)

Luis Pato – Luis Pato (proprietário-enólogo)

Niepoort – Dirk Niepoort (proprietário-enólogo)

Quinta da Lagoalva – Margarida Oliveira (diretora)

Quinta da Pellada – Maria Castro (proprietária)

Quinta do Carmo – Mario Neves (diretor)

Quinta do Perdigão – José Perdigão (proprietário)

Quinta do Vale Meão – Francisco Olazabal (proprietário)

Symington Family Estates – Dominic Symington (proprietário)

 

Uruguai

Pisano – Daniel Pisano (proprietário)

 

 

MIST0861São Paulo

Dias 16, 17 e 18 de julho

Grand Hyatt (Av. das Nações Unidas, 13301)

 

Rio de Janeiro

Dia 19 de julho

Sofitel Copacabana (Avenida Atlântica, 4240 - Copacabana)

 

Horário: das 17h às 22h

Preço: R$ 290,00 por dia – Reservas: (11) 3372 3400

Ingressos limitados (recomenda-se reservar com antecedência) – Não haverá venda de ingressos no local

 

 





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco