http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/93e048c28deae8015adbfe8c96fbefa9.jpg


Promoções

http://vinhoegastronomia.com.br/userfiles/0ebfed7b22d146d4cabdd13b7eb9dafc.jpg








Enoblogs - blogs unidos pelo vinho

Tenute Piccini lança Vito

Por Guto Martinez

 

Estabelecidas há quatro gerações no coração da Toscana 1882, as Tenute Piccini são uma das maiores produtoras da Toscana. Sua produção compreende tanto os tintos mais característicos da Toscana, os Chianti, assim como algumas opções de vinho branco que possuem a tipicidade e refrescância da região.

 

 

Combinando as mais modernas técnicas de vinificação com toda a tradição das práticas regionais, a Tenuta Piccini conquistou um enorme sucesso, fazendo com que ela se tornasse hoje o segundo maior produtor da Toscana, atrás apenas da família Antinori. Sua produção hoje inclui ainda algumas parcelas na região da Basilicata (Regio Cantina, Aglianico del Vulture) e na Sicilia, onde produz na região do Etna duas variações do seu Rosso DOC.

 

 

Tamanha produção a fez alcançar a importante marca de maior fornecedor de Chianti no Reino Unido e na França e com presença em 72 países, para onde exporta 93% de sua produção. Sua voracidade por novos mercados a torna uma potência em ascensão nos EUA, México e Brasil, além de uma presença cada vez maior na Ásia.

 

 

Estes números fazem da Tenuta Piccini uma verdadeira "gigante da Toscana", mas que ainda se vê como uma pequena empresa familiar, que cuida das pessoas que trabalham nas suas terras.

 

 

Toda sua gama de vinhos apresenta uma ótima relação qualidade-preço, e as 23 medalhas recebidas recentemente no International Wine Challenge comprovam a ótima fase da vinícola. Os Chianti, grande especialidade de Piccini, são bastante saborosos, com boa fruta e um estilo perfeito para acompanhar a culinária italiana.

 

 

Um dos vinhos mais inovadores da cantina, os rótulos da linha Memoro foram criados para celebrar os 150 anos da unificação italiana, e por isso são elaborados com uvas de quatro regiões diferentes da Itália, combinando as qualidades dos terroirs de cada canto do país - portanto, não se decepcione em saber que não se trata de um DOC, já que este vinho não foi feito para seguir regras, mas sim inovar e trazer o melhor de cada uma das regiões. Mesmo seus outros tintos e brancos regionais são ótimos exemplos das respectivas denominações, sempre macios e agradáveis, com um inegável acento italiano e uma qualidade impressionante para sua categoria.

 

 

O lançamento da Piccini no Brasil, que chega através da importadora Vinci, é a linha Vito, focada numa relação de baixo custo com boa qualidade, tipicidade das uvas com um toque de refinamento do terroir onde são produzidas, e a garantia de se ter um produto de primeira linha - afinal, trata-se de uma empresa com um know-how imenso na produção de vinhos de alta qualidade.

 

 

A marca ainda passa por uma recente mudança em seus rótulos, que passam todos a ter a coloração laranja típica da cantina, que afirma: o laranja é a cor da alegria!

 

 

Com tantos predicados, a Piccini dispensa maiores apresentações no mundo do vinho, e garante o máximo prazer para quem pretende desfrutar de um bom vinho italiano.

 

Notas de Degustação

 

Vito Chardonnay

 

Com muito frescor e boa acidez, alia sabores de frutas de caroço (pêssego e damasco) com notas de abacaxi e flores brancas. Ótima demonstração de como a Chardonnay tem potencial refrescante na Toscana, e a um preço muito acessível.

Preço: R$ 48,32

 

Vito Rosado

 

Um rosé elaborado com Syrah, possui coloração rosada intensa e viva, com aromas de frutas vermelhas frescas e notas de frutas tropicais. Apresenta boa acidez, o que o torna tanto gastronômico quanto refrescante num resultado bastante agradável.

Preço: R$ 48,32

 

Vito Cabernet Sauvignon

 

Um vinho tinto predominantemente frutado, com boa intensidade de aromas e uma vocação para ser servido um pouco mais fresco, é uma das melhores surpresas da nova linha. Uma ótima opção para quem quer um vinho tinto fresco sem excesso de herbacidade.

Preço: R$ 48,32

 

Chianti DOCG 2014

 

Talvez o mais simbólico vinho toscano, o Chianti é o carro-chefe da Piccini, que leva 90% de Sangiovese, 5% de Cannaiolo e 5% de Ciliegiolo, outras das uvas autóctones que são usadas, respectivamente, para amaciar os taninos e dar leveza ao vinho. O resultado é um Chianti redondo, agradável, bastante frutado e muito fácil de beber. Ótima opção para quem quer tipicidade sem agressividade, este é, sem dúvida, um Best Buy!

Preço: R$ 79,60

 

Chianti Riserva DOCG 2012

 

A versão envelhecida em carvalho deste vinho apresenta o mesmo caráter frutado, mas acompanhado de um palato aveludado com presença de especiarias e um toque defumado, característico da Sangiovese. Uma boa opção nos vinhos em sua faixa de preço.

Preço: R$ 93,50

 

Memoro Rosso !

 

A grande surpresa entre os vinhos da Piccini, o Memoro apresenta aromas de frutas negras maduras e especiarias doces, trata-se de um vinho que não pode ser safrado, já que parte das uvas, mais especificamente uma parte dos 40% de uvas Primitivo, passam por apassimento (ou passificação passificadas), além de conter 30% de Montepulciano de Abruzzo, 20% de Nero D'Avola da Sicília e 10% de Merlot do Veneto. O resultado é um vinho com bastante corpo e intensidade, uma elegância opulenta e generosa em boca.

Preço: R$ 90,03

 

 

Collezione Piccini Brunello di Montalcino 2010 !!

 

A estrela da degustação, o Brunello agradou a praticamente todos os degustadores presentes, o que não chega a ser uma surpresa, já que se trata de um dos vinhos de maior rigor na produção. Feito 100% com o clone de Sangiovese que dá nome ao vinho, apresenta robustez no corpo, intensidade e complexidade nos aromas de frutas negras com especiarias, balsâmico e violetas, com toque de tabaco. Em boca, a acidez elevada ajuda a equilibrar os taninos presentes mas muito bem afinados e o alto teor alcoólico, levando o conjunto a um patamar de elegância e potência muito apurados com o conceito de exclusividade a que um Brunello se propõe. Vinhaço!

 

Os vinhos da Piccini são importados pela Vinci, e podem ser encontrados e adquiridos no site da importadora (www.vinci.com.br). 





Sobre o vinho e gastronomia Anúncie Segurança e Privacidade Trabalhe na V&G Comunicar Erros Redes Sociais Fale Conosco